10 de nov de 2008

Tchelinux: Considerações sobre o evento

Em primeiro lugar gostaria de agradecer ao grupo a oportunidade que tive de palestrar em um evento com uma qualidade tão alta. Além da infra-estrutura invejável e da ótima organização, o nível das palestras estava excelente.

Agradeço à todos que compareceram à minha palestra "Hacking Linux: Princípios básicos de segurança" e aguentaram a Bruna aqui em um sábado de manhã falando sobre Segurança. Sei que não é tarefa fácil, mas espero que tenham gostado dos “hackings” básicos e se aprofundem mais nessa área, porque essa é só a ponta do iceberg.

Pude assistir várias palestras como a "Firefox: passado, presente e futuro" com Clauber Halic e Gustavo Ciello.
Foi apresentado um histórico sobre o Firefox e a Internet de maneira geral. Como membro da comunidade Moz-BR sou suspeita para falar, mas óbvio que os rapazes mandaram muito bem :)

Depois assisti a palestra "Desenvolvimento orientado a objetos com C++ e Qt4", com “kde-man” Henrique Marks.

O que posso dizer, o cara foi meu professor de Lógica e de Programação. Foi o único professor de C que eu conheço que fez com que os alunos usassem gcc para compilar os seus seus códigos. Mais nerd impossível.

A palestra estava muito boa e mesmo sendo intermediário/avançado foi possível compreender bem os exemplos propostos.

Logo após estava eu na palestra do Verde, Aurélio Marinho Jargas falando sobre "Software Livre como fonte de renda".

Apesar de ter ouvido um pouco dessa história no podcast Tick Tack, não poderia perder a oportunidade de assistir ao vivo.

E por último, já atrasada lá fui eu para a palestra do Clauber Halic sobre "jQuery: escreva menos, faça mais". Os vídeos para esta palestra já estão online.

Além da didática que ajudou muito na compreensão, a palestra não foi apresentada com slides e sim pelo próprio browser (preciso dizer que foi usado o Firefox?) o que deixou a apresentação bem mais dinâmica.

Com a sala praticamente LOTADA, até quem não programa teve vontade de sair usando jQuery, tamanha a facilidade de uso.

No encerramento (vídeos já disponíveis) tivemos agradecimentos, prestação de contas e claro, sorteio de brindes com a platéia.


Gostaria de agradecer ao pessoal do churras pós evento que cobrou mais barato dos herbívoros como eu, pois a economia redeu umas boas norteñas!!!

Definitivamente foi o melhor Tchelinux de Porto Alegre, e, sem querer puxar saco mas está muito melhor que MUITOS eventos de SL por aí. Quem compareceu sabe que é verdade.


Abraços à todos e até o próximo evento!

Um comentário:

PotHix disse...

Æ!!

Gostaria de ter participado nesse evento! Quem sabem no próximo eu estarei lá! =)

Valeu pelas informações sobre o evento.

Hä braços