29 de jun de 2010

Nexus One com Froyo

Depois de quase um mês brincando com o Nexus One rodando Froyo - versão 2.2 do Android - aqui vão algumas impressões sobre o aparelho.

Hardware
O Nexus One apesar de ser conhecido como o smartphone da Google é fabricado pela HTC. Admito que isso me deixou um pouco receosa, mas perdi o preconceito e não me arrependi.
Com um processador de 1GHz e 512MB de RAM ele não deixa a desejar no quesito performance. Isso vale para os pesados aplicativos em Java, multitasking e vídeos.

Infelizmente a tela não é tão sensível ao toque quanto a de um iphone ou ipod touch, mas com o uso você se acostuma.
A camera de 5 megapixels garante fotos e vídeos com qualidade razoável e o ponto forte é o flash!
Não estou falando do Flash da Adobe (apesar de ter este também) e sim de um LED que não te deixa na mão em lugares escuros.
A bateria dura pouco assim como na maioria dos smartphones. Através das configurações é possível ver o que consome mais e assim evitar gastos de energia desnecessários.

Froyo
A versão 2.2 do Android trouxe várias novidades mas o que mais me agradou até agora foi o tethering, ou seja, o compartilhamento de internet com outros dispositivos.

Você pode usar USB para o compartilhamento da rede ou simplesmente transformar seu Android em um Access Point. Definitivamente uma mão na roda para quem usa 3G.


Aplicativos
Os melhores aplicativos que testei até então são da própria Google. Mas assim como no iphone existem diversos aplicativos (em sua maioria inúteis) disponíveis para download para quem quiser através do market:



Google Sky Map
Tá aí um aplicativo que eu achei fantástico. Com ele é possível apontar para algum ponto no céu e através do sistema de GPS, compasso interno, data e hora ele mostra exatamente o que você está vendo.
É uma boa forma de mostrar para aquele seu amigo incrédulo que aquela "estrela" grande e brilhante na verdade é Vênus ;)


Goggles
Basta tirar uma foto de alguma marca ou produto e deixar o Goggle analisar para você. Além de identificar o logo, ele mostra links e imagens relacionadas.

Existem outros aplicativos interessantes, aos poucos irei postando aqui os que mais me agradaram durante esse período de testes.


Namaste and good luck.

2 comentários:

Bremm disse...

Olá Bruna,

Curiosidade minha: estou para comprar um smartphone qualquer e já havia me interessado pela marca HTC (também pelo fato de alguns modelos rodarem Android). A pergunta é: há suporte a caracteres cirílicos (russo, ucraniano etc.) e latim estendido (polonês, esperanto etc.) no NexusOne? Eventualmente escrevo alguma coisa em russo ou esperanto, logo tal suporte iria facilitar muito a minha vida. No meu Nokia atualmente só consigo redigir SMS com caracteres não-latinos usando o OVI através do PC.

Pelo que vi em alguns lugares, a leitura em cirílico é possível (p. ex.) mas o teclado não possui mapa para idiomas eslavos e o envio de mensagens também não é possível (o destinatário recebe um SMS em branco).

Fico grato por quaisquer informações acerca. =)

Bremm disse...

Aproveitei uma "promoção" da minha operadora e comprei um Samsung GT-I5500B. Aos poucos estou descobrindo como usar o reconhecimento de caracteres (mais rápido que usar as teclinhas minúsculas da tela de toque) e também vasculhando o Android Market atrás de aplicativos. O suporte ao idioma russo é parcial no Froyo, mas acredito que seja possível incluir mais alguma coisa sem maiores problemas. Já os aplicativos da Samsung não parecem nada úteis (ao menos os sete que localizei no repositório da marca).

Baixei o SDK (ou seria ADK?) e vou mexer um pouco nele também. =)